Tour em Seattle. Um guia das melhores cafeterias – Parte 1

Seattle é uma cidade linda, localizada no estado de Washington, e repleta de boas coffeeshops, bem verdade que estamos pegando muita chuva, vento e frio mas isso não nos impede de andar pela cidade e descobrir suas inúmeras cafeterias. Você vai encontrar praticamente uma cafeteria por quarteirão, vemos pessoas a todo momento levando seus cafés para casa, pro trabalho ou simplesmente passeando por aí. É incrível ver como a cidade respira café, ele realmente faz parte da cidade.

Para nos ambientar, a primeira parada que fizemos foi na histórica loja da Starbucks no Public Market Place. É inegável o papel que eles tiveram na cultura do café dentro dos Estados Unidos e mesmo no mundo.

A primeira loja da Starbucks. Uma companhia que mudou o rumo do café nos Estados Unidos.

Depois paramos na Starbucks Reserve, um cafeteria onde a proposta é oferecer ao cliente uma imersão completa no mundo do café. Baristas treinados, atendimento cordial e uma variedade de grãos enorme. Achamos a torra do café um pouco “escura” pro nosso gosto mas ainda assim, provamos um café da Etiópia no filtrado e um da Colômbia que tinham um potencial incrível.

Starbucks Reserve, um novo passo pra maior rede de cafés do mundo.
Torrefação e preparos de cafés no mesmo local. Imersão completa.
Ao contrário das outras lojas Starbucks onde o atendimento é sempre muito rápido, aqui há um barista pronto para tirar suas dúvidas e falar sobre cada tipo de grão, preparo ou o que você quiser saber.

Anchor Head Coffee

Agora, vamos ao que realmente interessa, café especial do jeito que gostamos. Uma das primeiras cafeterias que visitamos foi a AnchorHead (dica da galera do Leve Cafeína). Ambiente moderno, atendimento fantástico e o café então, sem palavras. Provamos um Etiópia no processo natural e outro no lavado. Uma explosão de sabores, floral, acidez brilhante de frutas, encorpado e doce. Monstro! Já compramos um pacote pros nossos clientes experimentarem também.

Anchor Head Coffee – Seattle

Stumptown

No dia seguinte passamos no Stumptown e provamos mais 2 cafés filtrados, um do Quênia e outro da Etiópia. Ambos bons mas o Quênia ganhou dessa vez. Cítrico, doce e encorpado. De quebra, ainda fizemos amizade com um americano que morou no Brasil e nos deu a dica de outra cafeteria pra visitar (Analog Coffee), já está anotado na lista!

Uma de nossas cafeterias preferidas
Ambiente simples e focado no giro de pessoas.

Logo mais continuamos com as dicas de cafeterias aqui em Seattle.